15 de janeiro de 2009

Percepções...

Fofinhas, cumpridas, curtas, achatadas, amarrotadas, enormes, pequenas, finas, grossas, azuis, cinzas, laranjas, vermelhas, negras, distantes, próximas, escondidas, exibidas, com chuva, sem chuva, com vento, sem vento, no mar, na montanha, na grama, nas árvores, com luzes, sem luzes, de dia, de noite, não importa onde...

Nuvens...

Bonitas ou feias?
Causadoras de milagres ou de destruição?
Predecessores de boas ou más notícias?
Cancelam encontros ou proporcionam beijos na chuva?
Causam mortes ou proporcionam vida às plantas?
Quem se beneficia?
Quem sofre com elas?

Nuvens... O objeto ideal para avaliar o quanto uma percepção pode alterar a felicidade de uma existência, pensem nelas.